1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Estadão Projetos Especiais
Importante: Conteúdo de responsabilidade do patrocinador.

Alternativa para a crise chega também ao mercado de impressão

Equipamentos tanque de tinta surpreendem pela eficiência e economia de impressão e reinventam o modelo de negócio do setor

12 Novembro 2015 | 16h 01

Já faz mais de três anos que os consumidores domésticos e as pequenas empresas possuem uma opção acessível para imprimir seus documentos de forma econômica e sem se preocupar com a troca constante do suprimento. Anteriormante o modelo de negócio que imperava no setor era basicamente apoiado na venda de suprimentos: o fabricante vendia a impressora barata, subsidiada, e tinha seus ganhos depois, com a comercialização do cartucho de tinta ou toner.

Mas o segmento vem passando por uma verdadeira transformação desde o lançamento da linha de impressoras e multifuncionais EcoTank, da Epson. Os equipamentos possuem um reservatório com alta capacidade de tinta e utiliza garrafas para o abastecimento, e não mais cartuchos, garantindo assim mais economia e conveniência ao consumidor. Com o produto, o usuário pode imprimir à vontade, sem se preocupar com o custo das impressões e sem necessidade de recarregar por um bom tempo. 

Em um comparativo, os números impressionam. Nas máquinas de cartucho o rendimento é em média de 120 páginas em preto e 210 em colorido. Na EcoTank, o cliente imprime 4 mil páginas em preto ou 6.500 em colorido. Considerando 175 páginas impressas por mês, o consumidor levaria em torno de dois anos para fazer uma nova compra de tinta. E tudo isso a um baixíssimo custo por página (cerca de 1 centavo).

Isso revolucionou o modelo de negócio vigente no mercado até então, pois hoje, com a EcoTank, o cliente desembolsa um pouco mais para adiquirir o equipamento, mas leva para casa a máquina já com muita tinta, não precisando se preocupar com a regarga por um longo período. “A impressora tanque de tinta veio para quebrar paradigmas. Com ela, a Epson criou uma nova categoria dentro do segmento de impressoras e, ao mesmo tempo, um novo modelo de negócio que garante impressões com qualidade a um custo muito baixo, evitando que o consumidor opte por soluções alternativas às tintas originais Epson. Esse é um excelente momento para os consumidores optarem por uma Ecotank, pois para quem já está economizando em água e energia agora é a vez de economizar também no custo de impressão”, diz Daniela Alonso, Gerente de Produtos da Epson.

Em adicional, a gerente de produto de suprimentos, Gerlinde Lesk, ressalta:“Quando uma tinta é desenvolvida, ela é feita em conjunto com a impressora. Uma tinta não original compromete o equipamento e também a qualidade das impressões – as cores não serão fieis, a precisão não será perfeita, a densidade não vai ser a correta, podendo até mesmo causar vazamento de tinta.”

Pioneirismo

No início, os concorrentes achavam que seria um tiro no pé, que o ganho das fabricantes de impressoras viria sempre da comercialização de tinta. No entanto, o pioneirismo da linha EcoTank é um verdadeiro sucesso de vendas. “Quando as pessoas viram que havia uma impressora que imprimia muito e a um custo extremamente baixo, resolveram testar o produto e ficaram realmente satisfeitas com o resultado. Já estamos falando de milhares de máquinas comercializadas”, conta Daniela.

Dessa forma, diante do êxito do novo formato, a concorrência tem buscado lançar produtos parecidos, porém ainda não conseguiu alcançar a mesma capacidade e economia de impressão.

Sempre à frente

Não é de hoje que a Epson se destaca pelo pioneirismo no mercado de impressão quando o assunto é atender às necessidades do consumidor, que estão no DNA da criação da EcoTank. Afinal, a linha nasceu a partir de inovações propostas gradualmente pela empresa para facilitar o dia a dia do usuário. Tudo começou há 8 anos, a fabricante percebeu que o consumidor brasileiro era extremamente sensível ao preço, principalmente com relação a suprimentos, e inovou ao desenvolver uma linha de produtos com valores bem acessíveis. “Percebemos que as pessoas, por conta do preço alto, acabavam buscando suprimentos alternativos, os cartuchos não originais. Então, o primeiro passo da Epson foi ter um cartucho barato, com o custo de apenas R$ 19,90 na época. Após três anos percebemos a concorrência seguindo a mesma estratégia”, destaca Gerlinde.

Em um segundo momento, notou-se que alguns usuários adaptavam no mercado informal suas impressoras com um sistema de tinta contínuo conhecido como bulk ink, tanques de tinta que ficavam acoplados, fora do equipamento, e eram ligados à impressora por pequenas mangueiras. “Ficou também claro para nós que existia aquele consumidor que queria um suprimento barato, porém necessitava de um grande volume de impressão. E a opção existente para grandes quantidades era apenas a impressão a laser, que é muito cara, ou buscar meios alternativos, que muitas vezes danificam o equipamento”, conta Daniela.

A marca mais convertida em bulk inks era exatamente a Epson, devido à sua tecnologia MicroPiezo. Foi aí que a Epson saiu na frente mais uma vez e começou a desenvolver internamente um equipamento que já vinha com os tanques de tinta embutidos, oferecendo qualidade e economia com a garantia Epson.

As inovações não pararam por aí. Após o lançamento da primeira impressora tanque de tinta, em 2011, a empresa entendeu que custo baixo e volume de impressão eram uma demanda comum aos usuários, mas que cada cliente tinha suas necessidades específicas. “Tem a família com criança, que precisa imprimir os trabalhos escolares; a pequena empresa; o fotógrafo, que necessita de impressão com altíssima resolução; as pessoas que trabalham em casa com artigos de papel; o arquiteto, que imprime plantas...”, enumera Daniela.  

E a partir dessa percepção de diferentes demandas, a linha foi ampliada com a criação de dez máquinas, com especificações distintas para cada perfil de consumidor. “São diversos modelos, para variados tipos de público. Vão desde o equipamento de entrada até os de uso profissional, desde a tinta em quatro cores até a de seis cores (voltadas para materiais fotográficos), tem com papel A4 e A3... Além disso, todos os modelos, incluindo o de entrada, imprimem fotos com qualidade”, finaliza Daniela.

10 vantagens que somente a EcoTank tem

1. A garrafa é mais econômica e dura mais. Com apenas uma garrafa, é possível imprimir 4 mil páginas em preto.

2. O volume de uma garrafa (70 ml) substitui diversos cartuchos convencionais, o que evita as constantes trocas de suprimento, trazendo conveniência para o consumidor.

3. Tanto no preto quanto no colorido, a garrafa é mais barata. Possui mesmo preço e volume para todas as cores: ciano, magenta, amarelo e preto. É o menor custo de impressão colorida do segmento, se comparado com a média da concorrência.

4. Só a garrafa permite imprimir até 6.500 páginas coloridas sem precisar substituir a tinta. E nada de modo rascunho – a qualidade mantém o mesmo patamar, seguindo o padrão ISO 24711/24712.

5. As garrafas de tinta são individuais, evitando o desperdício. Afinal, o consumidor reabastece apenas a cor que acabar.

6. A tinta é de secagem rápida e resistente a borrões. Além disso, as impressões não saem úmidas ou enrugadas.

7. As fotos saem com cores fiéis, vivas e brilhantes, e os textos mais nítidos – graças à tecnologia japonesa de impressão, que apresenta a maior resolução do mercado (5740 x 1470 dpi).

8. O consumidor decide imprimir em preto ou colorido. Para impressões monocromáticas, basta configurar a impressão para a opção “preto/tons de cinza” no computador.

9. Ótima reputação com o consumidor.  A Epson foi vencedora do Prêmio Época Reclame Aqui 2014 e indicada na edição de 2015. A fabricante também é detentora do selo RA 1000. Empresas que possuem este selo demonstram seu compromisso com o pós-venda, elevando o grau de confiança na marca e em produtos e serviços. 

Para comparar com a concorrência no site do Reclame Aqui, clique neste LINK.

10. Milhares de unidades da EcoTank já foram vendidas, evidenciando o sucesso do equipamento com o público.

Importante: Conteúdo de responsabilidade do patrocinador.